Saraiva+Associados

Scroll top
Informação

Introdução

Em 2008 assinámos o nosso primeiro contrato na Argélia sobre a elaboração de projeto para um empreendimento imobiliário destinado a habitação e serviços. Tratou-se de um projeto-piloto nascido no auge da crise imobiliária argelina, caracterizada por uma demanda crescente de habitação familiar. Numa composição adoçada aos vários elementos da paisagem construída, o modelo de quarteirão semiaberto reformula o conceito de espaço urbano, originando e convidando a novos moldes de habitar o espaço público. Um conceito de forte influência mediterrânica, em que se destacam os terraços amplos e uma arquitetura de forte plasticidade. O conjunto oferece um total de 1772 residências, uma mesquita e vários serviços complementares.

A construção assume linhas simples e regradas, mas imbuídas de ritmo e identidade. Do conjunto resulta uma perceção de limpeza, ficando salvaguardados os aspetos de privacidade intrínsecos ao modo de habitar argelino. Destaca-se a predominância da cor branca; alguns apontamentos coloridos imprimem uma vivacidade que se pretende ver transmitida à vivência quotidiana dos espaços. A construção seguiu um plano de desenvolvimento em três fases: a primeira, composta por 554 fogos, foi iniciada em 2009; sucedeu-lhe a adjudicação de outros 1001 fogos, que integram a terceira fase e cuja construção civil teve início em 2012.

Detalhes

  • Localização Orã, Argélia
  • Setor Planeamento Urbano
  • Ano 2008
  • Área 249.000 m2
  • Cliente BTPH Hasnaoui
  • Fase Construído

«Para além da presença física, o poder de adaptação e flexibilidade são fundamentais em mercados com culturas, climas e recursos tão distintos do nosso.»

Miguel Saraiva

Usamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de privacidade.

×