Saraiva+Associados

Scroll top
Informação

Introdução

Os quatro elementos da natureza – Fogo, Água, Ar e Terra – servem de inspiração ao conceito do Green Quarter. Neste complexo, as tecnologias verdes estão presentes em cada espaço edificado. Foi dada primazia à reciclagem, à reutilização e renovação de energia e dos recursos naturais. As infraestruturas necessárias à materialização do conceito foram pensadas por forma a permanecerem invisíveis. O “coração verde” da cidade pulsa assim simbolicamente no interior de cada edifício, reconfigurando-se pontualmente em elementos funcionais como as árvores solares.

Os serviços e infraestruturas são supervisionados por um sistema inteligente central que comanda todos os aspetos relacionados com a gestão de energia, água, águas residuais, resíduos, trânsito, serviços de emergência, entre outros. O mesmo sistema prevê a integração de serviços na área do turismo e atividades culturais. O masterplan foi desenhado de acordo com este objetivo e a totalidade das instalações técnicas centralizadas numa rede subterrânea. Esta rede responde ainda aos melhores princípios de eficiência e sustentabilidade preconizados no sistema BREEAM Communities.

Detalhes

Outro dos princípios associados ao paradigma verde, e que norteou o masterplan, diz respeito ao investimento na vivência do espaço público pela comunidade residente. Fomentou-se o seu envolvimento e participação nos assuntos aumentando localmente o número de serviços e as acessibilidades. Todo o conjunto resulta integrado e convida a viver em verde.

Usamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de privacidade.

×